08/05/2009

AS CARTAS E APOCALIPSE







Romanos, 1 e 2 Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses, 1 e 2 Timóteo, Tito, Filemom.
Estas 13 primeiras cartas - escritas para "novas igrejas" recém-formadas - lidam com situações específicas, questões que os cristãos estavam levantando, e as necessidades de líderes. Todas são de autoria de Paulo, "o apóstolo dos gentios", cuja a conversão dramática é registrada em Atos.

Hebreus (mais parecido com um sermão do que uma carta) é um livro anônimo.


Tiago, 1 e 2 Pedro, 1, 2 e 3 João, Judas são cartas "gerais", que dirigem-se a grupos mais amplos de cristãos.






E finalmente Apocalipse, o que eu mais gosto e não me canso de ler, embora uma carta circular, é o único exemplo no Novo Testamento de uma obra "apocalíptica". Escrita para cristãos perseguidos, ela lhes assegura que os propósitos de Deus estão sendo e serão realizados, até a história chegar ao fim, o mal ser finalmente destruído, e o povo de Deus gozar para sempre da sua presença nos "novos céus e nova terra".

ALELUIA!!!


O número total de livros da bíblia são 66 livros: 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento.



VOCÊ SABIA?

O Pentateuco (os primeiros cinco livros escritos por Moisés) é quase do tamanho do Novo Testamento.


A primeira Bíblia em português foi impressa em 1748. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se no ano
1279-1325.

2 comentários:

glau disse...

ola andressa!!!
olha esse blog me surpreendeu bastante viu, amei... e o que é melhor agente ainda aprende mais sobre a biblia,rsrsrs...tudo de bom pra vc e que sempre tenha novidades para q possamos curtir ainda mais...kisses for you!!!...até breve...

Andressa Martins disse...

Glau obrigado pelo incentivo. Beijooos